quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Nada como um filho gay para mudar o discurso de um Pastor Fundamentalista.

Os Supostos filhos Gays de 
Edir Macedo e Caio Fábio.



Moyses Macedo, Filho do Bispo Edir Macedo faz gesto obsceno em video polêmico no you tube.
A um bom tempo venho percebendo a mudança no discurso do Bispo Edir Macedo e da Igreja Universal em relação a vários temas polêmicos como aborto e homossexualidade.
A Igreja Universal do Reino de Deus sempre se mostrou bem fundamentalista sobretudo com temas que envolvem a sexualidade, mas de uns 10 anos para cá o discurso vem mudando a cada dia, fato comprovado inclusive pela entrada de personagens gays ou que passam por aborto nas novelas da Record. 
Fazendo uma pesquisa rápida no blog pessoal do Bispo Macedo, podemos notar claramente que existe hoje um certo cuidado em tratar do tema homossexualidade:

"Mas o que me deixa perplexo é o grau de insensatez entre aqueles que usam textos bíblicos para condenar os homossexuais. Será que a Bíblia coroa juízes? Será que por sermos discípulos de Jesus somos automaticamente elevados à condição de perfeitos a ponto de julgar e condenar os homossexuais, por exemplo?"


"Se formos condenar os homossexuais, então teremos de condenar a nós mesmos. Pois, quem está livre de pecados? Qual a diferença entre pecadinho ou pecadão? Deus não faz esta distinção."


"Os tempos mudaram. Mas o espírito condenatório se mantém. Hoje, muitos “cristãos” têm tratado os homossexuais como os leprosos do passado. Por quê? São eles mais santos? Mais justos?"


"Deus não nos tem dado autoridade espiritual para julgar e condenar ninguém! Ao contrário! Se alguém considera ser de Deus, então sabe perfeitamente que sua missão é para ajudar o semelhante. Não julgá-lo ou condená-lo!
Se queremos respeito à nossa fé, respeitemos a fé e opção de vida alheia! Se nem Deus impõe Sua escolha, quanto mais nós, meros mortais?"

O que teria acontecido para tamanha mudança no discurso, além dos vários escandalos de pastores homossexuais na IURD?

A quem diga que essa mudança tem nome e se chama Moyses Macedo, ou Macedinho. Filho caçula de Edir Macedo, Moyses era cantor gospel, mas agora resolveu ao que tudo indica, sair da igreja e encarar uma carreira secular. Mudou o nome artístico para Mikefoxx e criou um polêmico canal no youtube onde vem postando videos cheios de simbolismos, mensagens subliminares e erotismo. Em um dos videos aparecem símbolos e imagens ligados a maçonaria, a igreja católica e a universal, além de um vídeo onde ele mostra uma cruz invertida pintada no dedo ou de outro, onde faz gestos obscenos e simula estar se masturbando. Moyses também aparece em vídeos jogando a biblia pro alto ou rindo das escrituras deitado sem camisa em sua cama.
Se ele é gay ou não só nosso gaydar para afirmar por enquanto, mas nota-se que a primeira música postada no canal do Mikefoxx agradará em cheio o público LGBT, eu particularmente adorei.


Outro que também mudou seus discurso contra os homossexuais é o Reverendo Caio Fabio como já postei no ESPECIAL CAIO FÁBIO  aqui no blog.
Alguns blogs em 2007 noticiaram que Ciro D'Araújo trabalhando na Igreja da Comunidade Metropolitana (ICM), uma igreja inclusiva, escreveu juntamente com o pastor desta denominação, o documento pró-homossexual “O que os gays precisam saber sobre a Bíblia”, onde são debatidas todas as questões bíblicas que os evangélicos usam contra a homossexualidade.
No entanto não consegui encontrar o documento na net e nem os tais sites que os blog afirmam contê-lo. Ciro D’Araújo é filho de Caio Fábio, é cantor de ópera profissional no Rio de Janeiro e ainda segundo esses blogs de 2007 ele teria iniciando o processo para se transformar em pastor da ICM. Para quem tem curiosidade em conhecer o Ciro, segue um vídeo do canal dele no you tube:  


7 comentários:

Sergio Viula disse...

Ventos de mudança para melhor... Tomara que todos tornem-se menos fundamentalistas, porque como canta Caetano: Fundamental é mesmo o amor... é impossível ser feliz sozinho,"

Beijo,
Sergio Viula

Anônimo disse...

Adorei esse blog Parabéns a quem idealizou. Já frequentei a igreja Universal, e sei como é complicado. Desconhecia essa historia do filho do Edir Macedo, mas não se iludam. O discurso da Universal sempre foi esse, do "politicamente correto": "Não julgamos ninguém", "ame o homossexual, mas odeie o homossexualismo" etc etc. Já vi várias reportagens recentes na Folha Universal sobre "libertação" de gays. Diferente de outras denominações evangélicas que falam em "cura" a Universal fala em "libertação". Esse discurso, na verdade, é só para atrair gays desavisados. Para a Universal homossexualidade é influência de espíritos demoníacos: A Pomba-gira seria a causadora da homossexualidade(Na verdade, é uma forma de atacar a homossexualidade e de quebra, também religiões espíritas africanas). Toda sexta, eles fazem um Culto da Libertação. É comum testemunhos de "ex-gays".
E com relação ao aborto, das raras religiões cristãs que apoiam o aborto, sem dúvida a IURD é a principal delas. Mas desconfio, que isso é devido a interesses financeiros, principalmente os negócios milionários com instituições americanas que são pró-aborto. É sabido, que a mafia branca vem patrocinando diversas instituições para liberar o aborto no mundo todo.

Andréa Duarte disse...

É engraçado, se o Bispo Macedo dissesse pra tratarmos os gays mal todos cairiam na pele dele. Mas como ele orienta que os servos de Deus tratem os gays com educação e respeito, e elucida o fato de que não somos melhores que ninguém, é porque ele apóia o homossexualismo. Nada me dá o direito de 'torcer o nariz' pra quem quer que seja, sermos gentis, educados e aceitarmos as pessoas embora discordemos de suas escolhas é dever de todo cidadão, independente de sua crença.

Elan disse...

Tratar com respeito não significa concordar com a prática. E para os desconhecidos da Bíblia ela fala sim de condenação e juízo final, porém Deus é que determinará e fará este julgamento. Tenho amigos gays gosto deles, mas isso não significa que acredito que eles terão salvação.

"Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os
efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os
bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus." 1corintios 6:10

Wanessa Maria disse...

Perante Deus somos todos iguais.Perante Deus somos todos filhos valorosos.Não é uma opção sexual que faz com que alguns sejam menos filhos de deus.Antes de ser hétero,sou filha de deus como muitos gays e lésbicas pelo mundo a fora.Amo o ser humano,alguém entende isso?Devemos ensinar nossos filhos a ler a Bíblia,mas também devemos ensinar que Jesus nunca fez distinção entre esse ou aquele e,que para ele todos nós temos o mesmo valor.Muitos falam da "Humildade" na teoria,mas na pratica ninguém calça as sandálias de Jesus.É mais fácil chamar um gay de viado do que chamar ele de irmão,é mais fácil chamar uma lésbica de sapatona do que chamar ela de irmã.<<<>>>.Eu sou hétero,nunca tive um relacionamento homossexual.Detesto preconceito e acima de tudo levo um ensinamento de jesus em meu coração ame ao próximo como a si mesmo.O crentes falam da humildade de Jesus,mas não calçam as suas sandalias.Acho engraçada a postura de alguns evangélicos quando o assunto diz respeito a algum pastor.Parece que ser ao se tonar pastor,o homem não peca mais se torna intocável e irrepreensível,a gente nunca pode fazer uma critica que lá vem o povo justificar os atos do fulano ou defender.O Silas Malafaia , o Edir Macedo,o Valdomiro Santiago.......são homens como qualquer outro>>>>com uma única diferença,mentem bem.Vamos ser evangélicos,mas não vamos ser fanáticos.Quero ver o pastor Edir dizer agora que o filho dele é obra do demônio,pq é assim que ele fala sobre os gays.E ninguém aqui falou do caráter do pastor macedo,mas sim de qual será a postura dele diante da escolha do filho.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk pelo amor de deus a gente vê cada coisa.Homossexualismo não é falta de caráter,é opção sexual.Não é doença,não é desvio de personalidade.Vou dizer uma coisa,se pra me tornar evangélica for preciso diferenciar as pessoas uma das outras por sua opção sexual.....eu vou morrer pecando,pois Jesus filho de deus aceitava todos nós sem distinção.Repito ser gay,não tem nada a ver com caráter.E se algum amigo meu no face que seja evangélico,achar que estou sendo ofensiva só pq toquei no santo Edir Macedo,pode me excluir.Eu gosto de pessoas com personalidade forte,que não se deixam levar por falsos profetas.

osvaldino disse...

o grande problema é que avaliamos segundo as nossas perspectivas. o que esta em evidencia nao é a pessoa, mas o que ela opta em ser e fazer. Todos nós temos essa liberdade dada por Deus. mas nem sempre fazemos o que Deus aprova. Deus ama a todos indiscriminadamente, mas sua aprovação tem criterios. e para deus homem deitar com homem como se fosse mulher é ABOMINÁVEL!!!!

Alex disse...

Deus é perfeito, não fez o "pau" pra colocar na merda! Homosexualismo não pode ser incluso na religião, porque é transtorno de personalidade.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...